A ex-candidata à Presidência, Soraya Thronicke (União Brasil) se posicionou sobre o segundo turno das eleições presidenciais nesta segunda-feira (3). Através das redes sociais, a senadora afirmou que manterá neutralidade e não apoiará nem Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nem Jair Bolsonaro (PL).

“Nenhum desses bandidos merece o meu apoio”, afirmou Thronicke. Em uma primeira declaração, Soraya disse: “A semeadura é facultativa, a colheita é obrigatória. Boa sorte, Brasil!”. Em seguida, um seguidor a criticou pelo “papo de isentão” da senadora.

“Nenhum desses bandidos merecem o meu apoio. Perder vc pode significar muito pra mim, mas nunca deixará de ser pessoal. Obrigatoriamente preciso ser impessoal. O Brasil está acima da Soraya. Entenda isso, por favor!”, respondeu ela ao internauta.

Soraya Thronicke ficou em quinto lugar na disputa pelo Palácio do Planalto. Ela teve 600.953 votos (0,51%) e agradeceu a confiança dos eleitores nesta manhã.

“Do fundo do meu coração, quero agradecer aos 600.953 votos! São pessoas que depositaram a sua confiança em um projeto que o Brasil passa a conhecer. Nós viemos para ficar, e estamos só começando. Gratidão!”, declarou Soraya.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 − quinze =