O secretário de Estado da Segurança e Defesa Social, Jean Nunes, nesta quinta-feira (07), fez um balanço do trabalho das forças de segurança durante o ano de 2020, marcado pela pandemia da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

“Tivemos que aprender a lidar com nossas atividade prioritária que é manter a segurança e, ao mesmo tempo, com a pandemia. Houve uma grande contaminação dos policiais, que tiveram que cumprir protocolos, isolamento, houve redução do efetivo”, declarou.

Em entrevista, Nunes contou que em alguns momentos foi preciso fazer afastamentos, seguindo as orientações da Secretaria de Saúde, de cerca de 20% do efetivo total.

“Em maio, junho e julho, a covid-19 tirou mais de 2100 agentes, entre policiais militares, civis e bombeiros. Continuamos no ritmo, mantendo um policiamento, procurando nos superar e conseguimos terminar bem um ano que houve dificuldades e boa perspectiva para o ano que vem”, arrematou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze − 6 =