O Réveillon de Neymar foi assunto no Terceiro Tempo deste domingo (03) na Band. Convidado especial do programa apresentado por Milton Neves, o jornalista Mauro Cezar Pereira lamentou o comportamento extracampo do maior craque do futebol brasileiro na atualidade.

“Já nem critico mais porque não tenho nenhuma expectativa positiva em relação ao Neymar nestas situações. Já passou o momento de além de ser um grande jogador ele se apresentar como uma pessoa, um personagem positivo”, criticou, citando também a idade do jogador, que completa 29 anos no dia 5 de fevereiro. “Acho um cara vazio”.

Para Mauro Cezar, um megaídolo como Neymar gera expectativas que, no caso do camisa 10, não são correspondidas. “Espera-se mais do que um sujeito exibido. E ele fica lá se exibindo. O Neymar não é uma pessoa especial. É um jogador especial. Acho ele um grande desperdício. Poderia e deveria ser maior do que é e desperdiça por causa destas posturas”, concluiu.

ASSISTA AO VÍDEO AQUI

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 + doze =