Ao menos 20 imigrantes africanos morreram após seu barco afundar na costa da Tunísia nesta quinta-feira (24) quando eles tentavam cruzar o Mediterrâneo até a ilha italiana de Lampedusa, informou uma autoridade de segurança tunisiana.

A guarda costeira resgatou cinco pessoas e buscava outras 20 que ainda estavam desaparecidas, disse a autoridade à Reuters.

A costa na cidade portuária tunisiana de Sfax se tornou um grande centro de saída para pessoas que fogem dos conflitos e pobreza na África e Oriente Médio e buscam vida melhor na Europa.

“O barco afundou a cerca de seis milhas da costa de Sfax. Vinte corpos foram recuperados, cinco outros foram resgatados e todos são da África subsaariana”, disse a autoridade de segurança, Ali Ayari.

Cerca de 45 pessoas estavam no barco quando ele afundou, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

nove − 7 =