A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou, nesta quinta-feira (17), pedido de liberdade a Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, segundo apurou o ClickPB.

Ele está preso na Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, desde que foi preso acusado de violar o monitoramento por tornozeleira eletrônica, por ser investigado na Operação Calvário.

A defesa de Coriolano solicitou que o STJ concedesse liberdade ou prisão domiciliar. A relatora da Operação Calvário no Superior Tribunal de Justiça, ministra Laurita Vaz, então rejeito o pedido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × 5 =