Momento histórico na Liga dos Campeões. Paris Saint-Germain e Basaksehir retiraram as suas equipes de campo após uma acusação de racismo por parte do quarto árbitro da partida, o romeno Sebastian Colţescu.

A situação ocorreu aos 16 minutos do primeiro tempo, quando o atacante Demba Ba, do Basaksehir, reclamou de uma possível ofensa racista feita pelo quarto árbitro. Neymar, do PSG, também conversou com o atacante, que fez gestos para os companheiros deixarem o gramado.

É possível ouvir Demba Ba falando “who is the negro?”, em referência ao que o quarto árbitro teria dito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × 2 =