Apesar de ter se reunido na tarde desta quarta-feira (21) com o ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Neto, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, o titular do Meio Ambiente, Ricardo Salles, não comunicou que faltavam recursos para o Ibama e que o trabalho de brigadistas no combate a incêndios florestais seria interrompido no país.

Salles, Braga Neto e Guedes estiveram juntos na tarde desta quarta na reunião do Comitê Interministerial sobre Mudanças do Clima. O vice-presidente da República e presidente do Conselho da Amazônia, Hamilton Mourão, integra o comitê, mas não participo do encontro.

Segundo relatos dos presentes na reunião, entre os temas discutidos estava justamente a repercussão negativa no exterior das queimadas e do desmatamento, além da cobrança de investidores nacionais e estrangeiros.

Mesmo assim, Salles não comunicou, segundo os participantes, a decisão que seria tomada horas depois pelo Diretor de Planejamento, Administração e Logística do Ibama – braço do Ministério do Meio Ambiente –, ou sequer pediu recursos para permitir a continuidade dos trabalhos de brigadistas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezenove − 19 =