O balanço final da Operação Nossa Senhora Aparecida, realizada nas estradas federais, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), trouxe o registro de 17 acidentes que resultaram em 14 pessoas feridas e dois óbitos. A operação se encerrou nessa segunda-feira (12) e foi realizada entre os dias 09 e 12 de outubro.

De acordo com a PRF, essa Operação foi marcada pela imprudência dos motoristas. Ao todo, 21 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool e 234 infrações diversas  foram registradas.

O reforço no policiamento ostensivo resultou na fiscalização de 676 veículos, 806 pessoas foram abordadas, 141 veículos foram recolhidos aos pátios da PRF por irregularidades e 32 animais que estavam na pista foram manejados.

A PRF registrou aumento no fluxo de veículos durante o feriado prolongado, principalmente nas rodovias que ligam o sertão à capital e nas rodovias de acesso ao litoral paraibano. Em 2019, o feriado do dia 12 de outubro ocorreu durante o fim de semana. Portanto, não houve operação de feriado prolongado com dados comparativos em relação a este ano.

Combate ao crime

As ações de combate ao crime também foram intensificadas durante a Operação Nossa Senhora Aparecida 2020, o que resultou na prisão de 21 pessoas nas rodovias federais da Paraíba, sendo dois foragidos da justiça com mandados de prisão em aberto. Ao todo, nove veículos roubados foram recuperados.

Brasil

Em todo o país foram registrados 973 acidentes de trânsito nas rodovias federais durante a Operação, sendo que 1.165 pessoas ficaram feridas e 75 pessoas vieram a óbito no local do acidente. Nesse período, a PRF realizou mais de 6,2 mil testes de etilômetros e flagrou 783 pessoas dirigindo sob efeito de álcool nas rodovias federais de todo o país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × 1 =