O procurador regional eleitoral, Rodolfo Alves (foto), esclareceu que a recente decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba sobre a proibição de carreatas, passeatas e comícios não tem alcance estadual.

Mas ofereceu “um norte de interpretação para decisões futuras”, ressalvou.

*com informações da coluna Aparte, assinada pelo jornalista Arimatéa Souza.

Para ler a edição completa, acesse aqui:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dez + quinze =