A caderneta de poupança não teve ganho real no acumulado em 12 meses até setembro. O rendimento nominal do investimento foi de 2,67% no período – mas, se descontada a inflação, a poupança acumulou perda de 0,46%, de acordo com levantamento da provedora de informações financeiras Economatica.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, acelerou para 0,64% em setembro, acumulando alta de 3,14% em 12 meses, segundo divulgou nesta sexta-feira (9) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em agosto, a poupança ainda registrava ganho real de 0,45% no acumulado em 12 meses. A última vez que o investimento tinha perdido para a inflação nesta base de comparação havia sido em janeiro (-0,05%).

Segundo a Economatica, o retorno negativo de 0,46% registrado em setembro é o pior no acumulado em 12 meses desde agosto de 2016, quando a poupança teve rentabilidade de -0,75%, descontado o IPCA.

Mesmo não oferecendo mais ganho real, a poupança acumula uma perda menor do que a registrada por outros investimentos. O Ibovespa, por exemplo, registra perda de 19,28% em 9 meses e de 12,43% em 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 − seis =