Horas antes de defender a seleção portuguesa em amistoso contra a Espanha, Cristiano Ronaldo teve sua casa invadida na Ilha da Madeira. De acordo com o jornal “Diário de Notícias”, um ladrão entrou na residência em Funchal e levou objetos de pouco valor, incluindo uma camisa autografada da Juventus, na última quarta-feira.

Concentrado com a seleção em Lisboa, Cristiano Ronaldo não estava na casa – o jornal não cita se familiares do jogador presenciaram o roubo, mas indica que um parente acionou a polícia. O invasor teria aproveitado o momento em que um funcionário abriu o portão da garagem para entrar na casa.

A polícia esteve no local nas últimas horas e recolheu imagens do circuito interno de vigilância. O autor já teria sido identificado pelas autoridades.

Após o susto na manhã de quarta, Cristiano Ronaldo entrou em campo normalmente com a seleção portuguesa para enfrentar a Espanha, em amistoso que terminou empatado em 0 a 0. O craque volta a atuar com o time de Fernando Santos no domingo, em duelo decisivo contra a França, pela Liga das Nações, em Paris. Três dias depois, Portugal recebe a Suécia, pela mesma competição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × 1 =