O corpo do pastor evangélico Francisco Antonio, 35 anos, foi velado no cemitério de Taguatinga na manhã desta terça-feira (6). Cerca de 50 pessoas, entre familiares, amigos e fiéis, prestaram homenagens ao religioso no cemitério de Taguatinga.

“O que eu achava mais bonito nele é que ele não escondia”, diz Sabina Sousa, amiga do pastor. Sabina conta que o religioso reconhecia nas pregações que se envolveu em crimes como homicídio e uso de drogas. “Ele combateu o bom combate”.

No sepultamento, em momento de orações e de palavras de despedida, amigos e a família disseram que ele havia mudado. O cunhado, Vitor Araújo, afirma que era uma das pessoas mais próximas de Francisco. “Me levou para a igreja. Ainda estou em choque”.

O crime aconteceu no último domingo (4), enquanto rezava de joelhos no altar da igreja Assembleia de Deus Voz do Calvário, no Areal, em Águas Claras. Na ocasião, um homem chegou de repente e disparou contra a vítima pelas costas. Francisco se envolveu em uma assassinato em Parnaíba (PI) e resolveu se mudar com a esposa para Brasília.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

16 − 9 =