Luiza Trajano, empresária dona da rede Magazine Luiza, afirmou na noite de hoje que falta união no governo brasileiro para lidar com a crise decorrente da pandemia do novo coronavírus e que a falta de um planejamento a longo prazo pode custar caro ao país. “Faltou uma posição única no país sobre a covid-19”, disse em entrevista à TV Cultura. “Num momento desses tinha que unir todo mundo para fazer o possível. CPF não volta mais, uma empresa, você resgata ela Faltou uma unidade de pensamento: um falava uma coisa, outro dizia outra, o ministro uma coisa, o presidente outra. Isso não é uma coisa boa, e nem é gestão”, acrescentou

A empresária, que se declarou como uma pessoa democrática, evitou fazer críticas diretas ao governo Bolsonaro, embora tenha mencionado que é o momento “da direita estar na vitrine” e defender a necessidade de equilíbrio entre as formas de pensamento. No entanto, ela reclamou a falta de um planejamento a longo prazo para diversas áreas. “O que acho que falta para o Brasil é um plano estratégico para dez anos, que tenha educação, habitação, saúde, que todo mundo saiba onde queremos chegar”, afirmou, acrescentando o Japão como exemplo. “Quando fui para o Japão pela primeira vez, em 2015, tinha plano até 2030”

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezesseis + quinze =