Em conversas reservadas, ministros do Supremo Tribunal Federal chegaram ao mesmo denominador comum para a origem do nome do desembargador Kássio Nunes Marques junto à família Bolsonaro: o advogado Frederick Wassef.

Antes de cair em desgraça com a prisão de Fabrício Queiroz em imóvel do qual é proprietário em Atibaia, Wassef ajudou a trabalhar o nome de Kássio Nunes Marques para a vaga que vai abrir para o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Kassio Marques estava em campanha para ser ministro do STJ. Com isso, o desembargador ficou próximo do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Em seguida, o próprio Flávio Bolsonaro levou Kassio Nunes Marques para conhecer o presidente Jair Bolsonaro. Nesse encontro, também estava Wassef.

Depois disso, muita coisa mudou. Wassef deixou de ser advogado da família Bolsonaro.

Mas a relação de Kassio Marques com a família Bolsonaro permaneceu forte. Isso fez com que o desembargador fosse o nome escolhido para a vaga de ministro do STF quando Celso de Mello anunciou a aposentadoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

5 + 3 =