Um serviço idealizado por um professor paraibano vai oferecer reparo gratuito de computadores para estudantes pobres que precisam estudar de forma remota e não possuem equipamentos adequados para isso. O projeto foi denominado de Balcão da Inclusão Digital Solidária e é uma parceria do Instituto Federal de Educação da Paraíba (IFPB) e da Central Única de Favelas (Cufa).

Segundo Fernando Lordão, idealizador do projeto, o balcão vai ter duas frentes principais de atuação, para perfis distintos de pessoas.

O principal deles são os estudantes em situação de vulnerabilidade social, que serão atendidos gratuitamente. O segundo, os demais estudantes, que serão atendidos por valores abaixo do que um serviço similar custaria no mercado tradicional.

“Os pagantes vão ajudar os estudantes vulneráveis”, resumiu o professor.

Ele explicou também que quem tiver um equipamento quebrado pode chegar no balcão, que funcionará no campus do IFPB em João Pessoa, e será atendido na hora. Não haverá recolhimento de equipamento e o reparo acontece na presença do interessado.

O objetivo é que os atendimentos sejam iniciados na segunda quinzena de outubro. Um site do projeto está sendo desenvolvido e o objetivo é trazer as informações principais de como o estudante pode ser beneficiado.

Mas Fernando adianta que estudantes moradores de favelas serão, basicamente, aqueles que terão diteito ao atendimento gratuito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × 5 =