O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), propôs ao governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), que seja decretado um lockdown de duas semanas na capital do estado após o aumento no número de casos de covid-19.

No período entre 24 e 28 deste mês, a Secretaria Municipal de Saúde de Manaus registrou 1.627 casos na capital. Em agosto, nos mesmos dias, a cidade havia registrado 1.255 pessoas infectadas pelo novo coronavírus, um aumento de quase 30%. O auge de casos em um dia foi registrado em 29 de maio, com 1.723.

“Eu propus ao governador que atuemos junto nisso e a sugestão que dei é que nós façamos uma coisa que pode ser desagradável. Minha preocupação é salvarmos vidas aqui no Amazonas, então sou a favor do lockdown por entender que é recomendado pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), é recomendado pelo mundo científico e, notadamente, os casos de covid vão crescendo de maneira lamentável e perigosa na nossa terra”, disse Arthur Virgílio Neto em entrevista à GloboNews.

No último dia 24, um decreto estadual proibiu funcionamento de bares, balneários, flutuantes e a realização de festas em chácaras, associações e clubes em Manaus. Após o decreto, 22 estabelecimentos foram fechados e 15 receberam autuação em três dias de fiscalização, de acordo com a GloboNews.

Seis dias antes do decreto estadual, a Prefeitura de Manaus decidiu fechar a praia do Complexo Turístico Ponta Negra, principal ponto turístico da capital. A prefeitura também ampliou, de 11 para 18, o número de Unidades Básicas de Saúde (UBS) para atendimento preferencial de casos de covid-19.

Em nota, a assessoria de imprensa da prefeitura de Manaus afirmou que “desde que os números de casos confirmados de covid-19 e de internações em hospitais da cidade por causa da doença cresceram, a prefeitura de Manaus vem tomando medidas para a proteção da população”.

O Amazonas registra 4.031 mortes pelo novo coronavírus e 136.708 casos, de acordo com dados da Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas. As informações são do Uol.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

16 + catorze =