A Caixa Econômica Federal realiza, esta semana, novos pagamentos das seis parcelas iniciais do auxílio emergencial, concedido pelo governo federal como forma de amenizar os impactos econômicos causados pelo novo coronavírus.

Nos próximos dias, serão feitos depósitos ainda no valor de R$ 600 (R$ 1.200 para mães solo), referentes às cinco primeiras parcelas, ao público que se cadastrou pelo site ou aplicativo ou é inscrito no CadÚnico (Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal). Além disso, a Caixa concluirá o calendário de pagamentos da 6ª parcela do auxílio, já no valor de R$ 300 (R$ 600 para mães solo) a beneficiários do Bolsa Família.

No primeiro caso, os pagamentos estão seguindo quatro ciclos instituídos pelo governo federal, que são divididos em crédito em conta poupança social digital e saque em espécie e valem para as cinco primeiras parcelas do auxílio emergencial, evoluindo de acordo com o mês de nascimento e a data em que a pessoa recebeu a primeira parcela. Atualmente, a Caixa está no ciclo 2, o que significa que quem recebeu a primeira parcela em abril receberá a quinta, quem recebeu a primeira parcela em maio receberá a quarta, quem recebeu a primeira parcela em junho receberá a terceira, quem recebeu a primeira parcela em julho receberá a segunda e quem foi aprovado recentemente receberá a primeira.

No segundo caso, estão sendo realizados depósitos da 6ª parcela do auxílio emergencial conforme o NIS (Número de Identificação Social) dos inscritos no Bolsa Família – eles já receberam as cinco parcelas iniciais.

Veja abaixo o cronograma de pagamentos da semana:

  • Segunda (28/9): será feito o pagamento da sexta parcela a beneficiários do Bolsa Família com NIS terminado em 8; a Caixa também fará o crédito em conta das cinco parcelas iniciais a quem se cadastrou pelo site ou aplicativo ou é inscrito no CadÚnico e nasceu em outubro ou novembro;

  • Terça (29/9): será feito o pagamento da sexta parcela a beneficiários do Bolsa Família com NIS terminado em 9; a Caixa também vai liberar o saque das cinco parcelas iniciais a quem se cadastrou pelo site ou aplicativo ou é inscrito no CadÚnico e nasceu em março;

  • Quarta (30/9): será feito o pagamento da sexta parcela a beneficiários do Bolsa Família com NIS terminado em 0; a Caixa também fará o crédito em conta das cinco parcelas iniciais a quem se cadastrou pelo site ou aplicativo ou é inscrito no CadÚnico e nasceu em dezembro.

  • Quinta (1/10): a Caixa também vai liberar o saque das cinco parcelas iniciais a quem se cadastrou pelo site ou aplicativo ou é inscrito no CadÚnico e nasceu em abril;

  • Sábado (3/10): a Caixa também vai liberar o saque das cinco parcelas iniciais a quem se cadastrou pelo site ou aplicativo ou é inscrito no CadÚnico e nasceu em maio;

Novas parcelas de R$ 300

Está prevista para esta segunda-feira (28) a publicação do calendário a partir da 6ª parcela do auxílio emergencial ao público que se cadastrou pelo site ou aplicativo da Caixa Econômica Federal ou é inscrito no CadÚnico.

Na segunda-feira da semana passada, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, afirmou, em entrevista coletiva realizada em Palmas, no Tocantins, que o cronograma das novas parcelas de R$ 300 (R$ 600 para mães solo) seria divulgado hoje e que os beneficiários começariam a receber a 6ª parcela ainda em setembro.

Como aconteceu com as outras parcelas, o calendário deve iniciar por aqueles que nasceram em janeiro, evoluindo conforme o mês de nascimento dos beneficiários e sendo dividido entre datas de crédito em conta (Caixa Tem) e de liberação para saque.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 × cinco =