O deputado Juan Emilio Ameri, de 47 anos, que foi flagrado trocando carícias com uma mulher diante da câmera do computador em plena sessão virtual do Congresso da Argentina, informou nesta sexta-feira (25) que renunciou ao cargo.

“Eu deixei de ser deputado ontem à noite. Apresentei minha renúncia”, disse Ameri à emissora argentina A24, apesar de ressaltar que não cometeu “nenhum crime” e que o erro que cometeu foi “não olhar para a conexão de Internet”.

Segundo o jornal “Clarín”, o pedido de renúncia foi feito para evitar sua expulsão da Câmara, e foi enviado durante a madrugada, ainda durante a mesma sessão, sendo aprovado pouco depois das 3 horas da manhã.

Antes de renunciar, Ameri havia sido suspenso por 180 dias.

Durante sessão que tratava sobre pagamento de pensões a aposentados, uma mulher se sentou no colo de Ameri e os dois começaram a trocar carícias. Em um dado momento, o parlamentar beijou os seios da companheira, que não foi identificada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 + cinco =