Muitas pessoas chegaram a dormir na fila para conseguir uma ficha para emissão de documentos gratuitos nesta terça-feira (22) no Espaço Cultural. Uma multidão também se aglomerou no local no primeiro dia. O mutirão vai até o dia 02 de outubro.

O primeiro dia foi marcado por problemas, além da aglomeração, o sistema ficou offline, o que gerou revolta das pessoas que esperavam para ser atendidas.

Uma senhora na fila afirmou que chegou ao local às 22h e hoje ficou com a ficha de número 50. A distribuição de fichas começou mais cedo nesta terça, por volta das 06h, o atendimento começa às 08h.

Na segunda, o gerente executivo das Casas da Cidadania, William Tejo, afirmou que a demanda de 150 fichas poderá ser aumentada e que devido aos problemas de ontem, houve uma mudança na logística, nesta terça. “Se houver necessidade vamos abrir nos sábados e domingos e estender por 15 dias”, disse.

As Casas da Cidadania voltam nesta terça-feira, mas paga-se taxa, só é gratuito no Espaço Cultural.

A ação do Programa Cidadão tem como objetivo atender a população em situação de vulnerabilidade social, e será realizada de segunda a sexta-feira, no período de 21 de setembro a 2 de outubro, das 8h às 13h. A previsão é de 150 atendimentos diários.

As fichas começam a ser distribuídas a partir das 8h, na entrada de acesso pelo estacionamento do Espaço Cultural, próximo ao local de atendimento, que será onde funcionava uma agência bancária. Os serviços ofertados à população nesse mutirão serão: emissão de RG (1º e 2º vias); emissão de CPF (1º e 2º vias); Carteira de Trabalho Digital; foto 3×4 (para os documentos);

Para efetivar a emissão desses documentos é necessário apresentar a Certidão de Nascimento ou a de Casamento originais. Só serão aceitas cópias, se autenticadas em cartório.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte − 10 =