O time do Campinense será o primeiro, entre os representantes paraibanos no Campeonato Brasileiro, a entrar em campo neste fim de semana. Neste sábado (19), a Raposa joga contra o América-RN, estreando na Série D, às 16h, na Arena das Dunas, em Natal-RN. O Treze enfrenta a Jacuipense-BA, às 17h, também neste sábado (19), no Amigão, em Campina Grande pela Série C.

Para o domingo (20), mais duas equipes paraibanas estarão em campo pela competição nacional. O Atlético de Cajazeiras faz seu primeiro jogo na Série D, às 16h, no estádio Perpetão, em Cajazeiras, contra o Globo-RN. O Botafogo da Paraíba visita o Remo-PA, às 18h, no estádio Mangueirão, em Belém-PA, pela Série C.

Campinense e Atlético de Cajazeiras vão iniciar uma caminhada na Série D, fazendo parte do mesmo grupo, enquanto Treze e Botafogo da Paraíba já estão envolvidos no Brasileiro da Série C. Os botafoguenses vão para a sétima partida da competição. Os trezeanos têm um jogo a menos, pois não atuaram contra o Imperatriz-MA na primeira rodada.

Estreia da Raposa

A missão do Campinense é dobrada. O rubro-negro luta para se classificar para a fase seguinte e depois buscar a queda de um tabu: a Raposa tenta sair da Série D depois de uma década. O clube fez 16 contratações, além de aproveitar uma base das disputas do certame estadual.

O treinador Givanildo Sales está convicto de levar o Campinense aos objetivos. Ele reconhece o tamanho da missão. O grau de dificuldade já começa na partida deste sábado, contra o América, em Natal, um clube tradicional do Rio Grande do Norte. Os americanos vêm o status de terem disputado a Série A.

Mas o América é apenas um dos fortes adversários que o Campinense terá no Grupo 3 da competição. Depois, a Raposa ainda vai encarar, na primeira fase da competição, Afogados-PE, Atlético de Cajazeiras, Floresta-CE, Guarany Sobral-CE, Globo-RN e Salgueiro-PE.

Treze

O Treze também joga neste sábado contra a Jacuipense-BA, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Com apenas dois pontos em cinco partidas, o Galo da Borborema tem dois empates e três derrotas.

O Galo vai para o terceiro compromisso na condição de mandante. Antes, foram uma derrota de 3 a 0 para o Ferroviário-CE e um empate de 2 a 2 contra o Remo-PA. Aproveitar a condição de atuar em casa é a proposta do treinador Moacir Júnior, mesmo admitindo que na Série C não tem jogo fácil, sendo mandante ou visitante.

Para este jogo, o Treze tem quatro desfalques. Não conta com o lateral-esquerdo e o meia Marcos Vinícius, ambos punidos pelo cartão vermelho. Além disso, o ala Tales e o atacante Edson Carioca estão no departamento médico. O Treze vem de um empate (1×1) com o Manaus-AM.

Estreia do Atlético de Cajazeiras

Depois de 14 anos, o Atlético de Cajazeiras volta a disputar uma competição brasileira, enfrentando o Globo-RN, neste domingo, às 16h, no Perpetão. Terceiro colocado no Campeonato Paraibano no ano passado, o Trovão Azul é um dos representantes do estado na Série D, ao lado do Campinense.

O Atlético tem como objetivo ser o primeiro clube do Sertão paraibano a chegar na nova versão do Campeonato Brasileiro Série C. Para isso, o elenco do Trovão iniciou a fase de treinamentos logo após encerrar a participação na competição estadual.

Para travar a luta pela classificação e avançar na competição, o Atlético manteve a base da equipe e contratou vários reforços. Além do Globo-RN, o Trovão Azul vai encarar na fase de grupos os times Afogados-PE, Atlético de Cajazeiras, Floresta-CE, Guarany Sobral-CE, Campinense e Salgueiro-PE.

Botafogo-PB

O Botafogo da Paraíba tenta se firmar na Série C do Brasileiro, faltando três partidas para completar os jogos de ida da primeira fase. Para o compromisso deste domingo (20), às 18h, contra o Remo-PA, o mais preocupante que encarar um adversário difícil é não contar com o goleiro Felipe. Ele pegou pena de quatro jogos de suspensão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O meia Juninho, que cumpriu suspensão no jogo passado, volta a ficar à disposição para o compromisso deste domingo. Com isso, o time comandado por Rogério Zimmermann ganha um importante reforço para armar o esquema tático. O Botafogo vem de um empate de 0 a 0 contra o Vila Nova-GO.

Com uma campanha preocupante, ocupando a oitava colocação no Grupo A do Brasileirão, o Botafogo soma seis pontos, uma média de um ponto por rodada. São três empates, uma vitória e duas derrotas. Por isso, a missão dos botafoguenses é engordar a pontuação, nas próximas rodadas, para respirar nas partidas de volta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

9 − cinco =