No derradeiro dia estabelecido pela justiça eleitoral para a oficialização das candidaturas a prefeito e vereador, o PSB, do ex-governador Ricardo Coutinho, apontado como chefe de uma Organização Criminosa (Orcrim) que saqueou os cofres públicos no período em que esteve à frente do Governo do Estado, segundo investigações da Operação Calvário, anuncia para esta quarta-feira, 16, às 16h40, por meio de suas redes sociais, a “Convenção do Trabalho: o projeto girassol vive por toda a cidade!”

No convite também feito pelas redes sociais, o PSB destaca que “fez história em João Pessoa e chegou a hora de fortalecer o nosso legado pelo município”, o que deixa no ar uma possível postulação da legenda à prefeitura da Capital, embora até aqui não tenha dado qualquer pista, Aliás, em análise, o jornalista Ivandro Oliveira, diretor de Conteúdo do Tá na Área, revelou todo o esforço de Ricardo Coutinho em articular um movimento capaz de unificar os partidos do chamado ‘campo democrático popular em torno das candidaturas de Edilma Freire, do `PV, em João Pessoa, e Inácio Falcão, do PC do B, em Campina Grande, o que até aqui não prosperou.

Quem não se fez de rogado em relação ao chamamento do PSB para sua convenção foi o pré-candidato a prefeito de João Pessoa pelo Patriotas, Walber Virgolino, que fez um desafio ao ex-governador Ricardo Coutinho, para que o socialista dispute a prefeitura de João Pessoa. “Ele é ladrão e frouxo! Só tem coragem pra roubar dinheiro da Saúde. Quero ele nos debates pra chamá-lo de ladrão e perguntar onde estão escondidos os R$ 130 milhões”, disse o deputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 − nove =