O anúncio do fim do contrato entre SBT e Rachel Sheherazade motivou a jornalista, na noite da última terça-feira (8), a tomar uma atitude. Na apresentação do SBT Brasil, a âncora rasgou o verbo contra o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) e durante uma notícia trocou a palavra “rachadinhas” por “crime de peculato”.

A declaração da jornalista paraibana veio à tona durante uma notícia envolvendo a operação Furna da Onça deflagrada pela Polícia Federal envolvendo o escândalo das rachadinhas na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.

A emissora tem posicionado a favor do governo Bolsonaro e a posição de Sheherazade pegou todos de surpresa. No principal telejornal do canal paulista, Rachel disparou ao vivo: “…Operação Furna da Onça, que apura a prática de rachadinhas. Não… Rachadinhas, não. A palavra certa é peculato, crime de peculato na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro” disse ela ao cutucar o senador, filho de Bolsonaro.

 

Sobre o fim do contrato

Após 9 anos, o SBT decidiu pelo fim da parceria com a paraibana, que foi contratada pela casa após a repercussão de seus comentários no telejornal local da TV Tambaú, na Paraíba. Silvio viu e gostou.

Em 2011, Rachel Sheherazade estreou ao lado de Joseval Peixoto na bancada do SBT Brasil. Rumores sobre o fim do acordo com a emissora começaram após as opiniões da jornalista contra o Governo Bolsonaro e até pedidos velados de patrocinadores pela sua saída da TV da família Abravanel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois × 4 =