O ex-prefeito da cidade de Cocal, no Piauí, José Maria Monção (PTB), admitiu ter roubado do município durante uma convenção realizada na cidade. Monção fez as declarações ao criticar o atual ocupante do cargo, Rubens Vieira (PSDB).

As declarações foram aplaudidas por correligionários e gerou risadas na plateia.”Tem político que rouba, mas rouba pra dar pro povo. Esse daí (Vieira) não, roubou pra ele”, concluiu.

Moção foi preso em 2009, acusado de desviar R$ 2,6 milhões do Fundo de Educação Básica e, em 2015, foi acusado de falsificar documentos da Câmara de Vereadores para poder concorrer ao cargo de deputado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezesseis − onze =