A prisão aconteceu na madrugada desta quarta-feira (02) na cidade de Campina Grande, em uma operação da Polícia Civil de São Paulo, com apoio da delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande.

A jovem é suspeita de fraudar provas no vestibular de medicina. De acordo com informações, ela receberia até R$ 15 mil por candidato que se interessava pela fraude. Ao todo 11 pessoas teriam sido beneficiadas pelo esquema.

A suspeita, que cursa o último período de medicina, foi encaminhada para a delegacia onde fica à disposição da justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

onze − 8 =