O ator Reynaldo Gianecchini, de 47 anos, abriu o coração e fez algumas revelações íntimas sobre sua sexualidade. Em entrevista a EFE, ele defendeu a liberdade para as pessoas serem o que quiser: “Nunca quis levantar nenhuma bandeira. Acredito na liberdade de ser o que cada um quiser ser. Todo mundo tem muitos lados dentro de si mesmo e que a sexualidade reflete muito isso”, disse o artista.

Gianecchini ainda falou sobre os rótulos sexuais. “Dizem que sou gay, mas não me considero assim. Eu me considero tudo ao mesmo tempo. Se existir uma palavra para mim, então é ‘pan’ [pansexual] – termo que se refere a quem tem atração física, amor e desejo sexual por outras pessoas, independentemente de sua identidade de gênero ou sexo biológico-  porque ‘pan’ é tudo’”, concluiu.

Vale lembrar que em março deste ano, Reynaldo Gianecchini deu uma entrevista para a revista imprensa Pop-se e desabafou: “Não assumi que sou gay. Falei que sou tudo”, contou o ator abertamente sobre a sua opção sexual. Cabe tudo dentro de mim, não me encaixo em nenhuma gaveta. É uma atitude política falar isso hoje em dia. A sociedade é muito careta. O Brasil é um país preconceituoso, racista e reprimido.””

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três − 2 =