Na tarde desta sexta-feira (28), Leo Dias fez uma participação no programa ”Pânico”, da rádio Joven Pan, e fez um desabafo pessoal sobre o seu vício em drogas. Na atração, o jornalista contou que o período de pandemia do novo coronavírus não foi fácil para ele: “Cheguei ao profundo do poço”, disse.

Dias decidiu deixar o Rio de Janeiro, cidade onde tem casa, e está morando em Muro Alto, no litoral de Pernambuco. “A quarentena e a pandemia me fizeram chegar ao mais profundo do poço. E vir para cá foi um sacode pessoal. Estou me alimentando bem, acordando todos os dias às 5h da manhã. Teve um dia que eu dormi às 20h da noite. Estou malhando, cuidando do meu corpo, da minha saúde. É outra história”.

Ele também cotou que revê vídeos antigos e se assusta com seu comportamento acelerado por conta da dependência química: “Durante um tempo a gente não se enxerga, sabe? Acha que está tudo normal. E as pessoas ao nosso redor tentam nos alertar, e a gente acha que elas estão viajando. Mas não temos ideia do quão mal estamos”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

8 + cinco =