O presidente do PSL na Paraíba e  vice-presidente nacional da legenda, Julian Lemos, confirmou nesta sexta-feira (28) a possibilidade de retorno do presidente Jair Bolsonaro aos quadros do partido. Ele disse que tudo depende de ‘acertos’.

“Ontem estive como presidente Luciano Bivar, com o vice-presidente [Antonio] Rueda exatamente a Executiva Nacional. Agora sim, sentou-se para discutir essa volta do presidente, é muito possível sim. Depende de política, não só gesto político, mas alguns acertos. É uma questão mais de gesto. O PSL é a essência do sentimento da vitória do presidente, foi a ponte que conduziu o presidente. O PSL sempre foi a base do governo”, disse à Correio fm.

Julian negou que exista o pedido do presidente de expulsão de filiados ao partido, como noticiado na imprensa hoje. Um dos nomes colocados na lista seria do próprio Julian.

“O presidente já deixou claro que qualquer decisão desse tipo será depois do pleito eleitoral. Algumas pessoas falam em lista, que vai ter uma lista de gente… nada disso procede. Acho viável possível, mas não depende só do presidente Bivar, o PSL é orgânico”, declarou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × 1 =