A Secretaria de Estado da Saúde (SES) promoveu uma conversa de boas-vindas com os médicos aprovados no Processo Seletivo Simplificado e que irão atuar no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena (HETSHL), em João Pessoa. Foram habilitados 22 profissionais para as 54 vagas disponíveis no edital.

De acordo com a Saúde, os novos profissionais já começam suas atividades nesta quarta-feira (26).

O resultado final foi publicado no Diário Oficial desse sábado (22). A chamada pública foi em caráter excepcional, nas especialidades de neurocirurgia, cirurgia vascular e cirurgia torácica e o contrato de trabalho terá validade de 180 dias, podendo ser prorrogado por igual período ou a critério da necessidade da Administração.

Durante a agenda, o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, deu as boas-vindas aos novos profissionais e pontuou que a SES vai assegurar as condições de trabalho necessárias para que eles realizem suas atividades. Ele explicou que a abertura da chamada pública foi uma demanda do Ministério Público do Trabalho (MPT) que exigiu a realização de um concurso para habilitar pessoas físicas para atuarem no serviço. Geraldo Medeiros destacou a transparência durante o processo de seleção.

“O hospital de Trauma manterá o mesmo nível de atendimento à população paraibana, que já era executado anteriormente, só que agora com novos profissionais, novas ideias e consequentemente o usuário do SUS não terá nenhuma desassistência por conta da permuta de profissionais”, destacou.

O secretário executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrammi, também estava presente na agenda e afirmou que o Trauma de João Pessoa passou por uma profissionalização da gestão como nunca antes vista no hospital. “Claro que vamos enfrentar desafios por conta da complexidade do serviço. A Paraíba acaba de dar um passo importante para o futuro com avanço da Fundação PB Saúde. Por isso precisamos desse novo time que está chegando para compor a equipe”, reforçou.

Estiveram ainda presentes na agenda a secretária executiva de Saúde, Renata Nóbrega, o diretor geral do HETSHL, Laércio Bragante, e o diretor técnico, Luiz Gustavo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois × 5 =