A possível derrubada de vetos de Jair Bolsonaro ao pacote anticrime, cuja votação está prevista para a semana que vem, é o novo front da coalizão pró-impunidade do Congresso. O grupo une de bolsonaristas a petistas, passando por representantes do Centrão, informam Helena Mader e André Spigariol.

Uma articulação que conta com o empenho de aliados do governo está em andamento para derrubar pelo menos dois dos 25 vetos, mas o número pode ser bem maior.

Nos bastidores, a ideia é flexibilizar medidas de combate à corrupção e impor nova derrota a Sergio Moro –boa parte dos vetos agora em análise foi articulada e defendida pelo então ministro da Justiça no ano passado.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezenove + 16 =