O secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, comentou a situação de ‘bandeira vermelha’ da Paraíba em dias seguidos segundo o Consórcio de veículos de imprensa composto por G1, Folha e Estadão. Os dados mostram, há dias, aumento no registro de número de mortes por Covid-19 no Estado.

“Isso é o que chamamos de média móvel, um tipo de avaliação destinada, mas temos que analisar não só um elemento isolado. A Paraíba tem vários casos, como mostra o boletim diário, de maio, de junho, que estão sendo notificadas agora pelos municípios”, disse.

Medeiros pontuou atraso no registro de casos pelas secretarias municipais, por isso a anotação está sendo feita de maneira tardia.

“Essa contemplação da Paraíba ao vermelho reflete a esse número de casos notificados de formar tardia pelas secretarias dos municípios que insistem em notificando com atraso o número de casos e óbitos”, pontuou.

Medeiros pontuou que, mesmo com esses registros, a Paraíba tem segurança com o número de leitos e foi um dos únicos estados do país sem colapso hospitalar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

oito − seis =