O  presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Márcio Murilo criticou a postura do seu colega paulista que deu uma ‘carteirada’ e um agente de trânsito pelo fato de ter recebido uma multa.  “É lamentável, é muito triste. Com essa atitude ele prestou um desserviço a magistratura e a Justiça brasileira”, comentou o Márcio Murilo.

Para o desembargador, que foi o entrevistado do Programa Rede Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação desta terça-feira (21), o seu colega poderia muito bem ter reduzido as suas palavras e receber a multa.  “Carteirada não é o caminho e fez muito bem o Conselho Nacional de Justiça em abrir uma sindicância administrativa para apurar o caso. O que ele fez com essa atitude foi um desfavor para a magistratura”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

13 + nove =