O navio coreano MV Golden Ray, que tombou na saída do porto de Brunwick, na Geórgia (EUA), há cerca de um ano, comecará a ser removido com sua carga de 4.200 automóveis zero quilômetro, de acordo com informações do site ‘Histórias do Mar’.

Segundo a reportagem, os veículos são das marcas Huyndai e Kia e continuam dentro do navio até hoje. Como o navio precisará ser cortado em pedaços para a remoção, os carros deverão ser destruídos, mesmo aqueles que não foram danificados, nem inundados pelo mar.

Ainda segundo o site, estima-se que ainda haja centenas de carros em perfeito estado dentro do navio avariado. Mas não há como removê-los.

Seis sul coreanos, 13 filipinos e o comandante norte-americano foram resgatados logo após o acidente, de acordo com informações do ministro de relações exteriores da Coreia do Sul. O acidente ocorreu próximo à ilha de St. Simons, na Georgia,no mês de Setembro de 2.019.

As causas do tombamento do navio ainda não foram esclarecidas. O Golden Ray era um dos 60 navios da frota da Hyundai Glovis e tinha capacidade para transportar 6.933 veículos. O cargueiro saiu da Coreia do Sul carregado de carros da Kia e Hyundai e tinha como destino final o Oriente Médio.

Antes, porém, deixaria parte da carga nos EUA. Após parar em Brunswick, na Geórgia, para descarregar, o Golden Ray partiu em direção a Baltmore, no Estado de Maryland, para fazer uma nova entrega, mas tombou antes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dez + catorze =