A Secretaria da Segurança e da Defesa Social da Paraíba (Seds), por meio da Polícia Militar e da Polícia Civil, e ainda Polícia Federal, Ministério Público Estadual e Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), apreenderam na noite desta quinta-feira (16), um arsenal de grosso calibre, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. A operação contou com o apoio do helicóptero da Polícia.

A Operação Coalizão apreendeu três fuzis 556, uma pistola com adaptador que a transformava em submetralhadora e munições de calibres 556 e 9 milímetros.

Três pessoas suspeitas de integrar o grupo também foram conduzidas à delegacia.

De acordo com as primeiras informações, o arsenal pertencia a uma  quadrilha responsável pela prática de crimes contra o patrimônio, tráfico e que seria comandada por um preso da unidade prisional Penitenciária de Segurança Máxima Doutor Romeu Gonçalves de Abrantes, o PB1, em João Pessoa.

Além disso, a quadrilha seria responsável por roubos a vigilantes da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), de outros órgãos públicos e de estabelecimentos comerciais, sempre com o objetivo de se tomar as armas das vítimas.

Já o tráfico acontecia na localidade conhecida como Torre de Babel, no bairro do Valentina Figueiredo, além de outras áreas da zona sul da cidade.

Todo o material apreendido e os suspeitos foram encaminhados à Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × 4 =