O Ministério Público da Paraíba resolveu instaurar inquérito civil para apurar suposta prática de nepotismo pelo prefeito do Município de Mataraca, Egberto Coutinho Madruga.

De acordo com a decisão, serão notificados Pedro Madruga da Silva, Gabriela Layse do Nascimento Bezerra, Antonio Madruga da Silva, Antonio Augusto Madruga, Eymard de Araujo Pedrosa, Bianca  Lima Bezerra e Aristoteles Bezerra Madruga, para que, no prazo de 10 dias, se manifestem acerca da denúncia, informando o cargo que ocupam na Prefeitura Municipal de Mataraca e se possuem grau de parentesco com o prefeito, ou com o presidente da Câmara da cidade. Em caso positivo, é preciso indicar o grau de parentesco.

Além disso, a Secretaria  Municipal de Administração de Mataraca deve apresentar, no mesmo prazo, as fichas funcionais e financeiras destes servidores.

A Comissão Permanente de Licitação de Mataraca também deve informar, no prazo de 15  dias, os vencedores das licitações para aquisição de combustível, alimentos, locação de veículos, prestação de serviços de coleta de lixo e prestação de serviços de construção, nos anos de 2019 e 2020, remetendo-nos cópias dos respectivos contratos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 × cinco =