O ex-deputado federal Nelson Meurer, o 1º político condenado na Lava Jato e que cumpre pena de 13 anos e 9 meses na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, foi internado no fim da tarde de terça-feira (7) com suspeita de Covid-19.

Segundo a direção da penitenciária, ele apresentou sintomas de gripe – principalmente tosse –, foi atendido por um médico no presídio e depois encaminhado para a Policlínica São Vicente de Paula, hospital particular, também em Francisco Beltrão.

Meurer passou por um teste de Covid-19 que deu negativo, mas aguarda resultado de uma contraprova.

 

O diretor da penitenciária, Marcos Andrade, informou que os presos que fazem o trabalho externo passaram por testes para Covid-19, e todos testaram negativo.

Mesmo assim, os que apresentaram sintomas de gripe foram medicados. Para evitar contaminação em massa, o presídio tem tomado alguns cuidados.

“Não recebemos presos sem que tenham passado por testagem e quarentena. Reformamos a cadeia pública de Francisco Beltrão para abrigar os novos presos da região sudoeste. A cadeia foi automatizada pra evitar o contato com os agentes”, explica Andrade.

Na terça-feira, a Prefeitura de Francisco Beltrão informou que 12 dos 30 presos que estão em quarentena na cadeia pública testaram positivo para a Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × cinco =