Pela segunda semana consecutiva, o estado de São Paulo tem redução no número de óbitos provocados pelo novo coronavírus (covid-19). Segundo o governador de São Paulo, João Doria, na semana passada (a 27ª semana epidemiológica) o estado teve 36 menos mortes do que na semana anterior (26ª semana epidemiológica).

Na 27ª semana epidemiológica, o estado contabilizou 1.733 mortes por covid-19, enquanto na 26ª semana foram 1.769.

O estado já havia registrado queda de 144 óbitos na comparação da 26ª semana epidemiológica, com a semana anterior, a 25ª semana. “A queda  nos óbitos se apresentou na semana passada pela primeira vez. Já havia uma desaceleração ao longo dos períodos anteriores. Mas na semana passada, tivemos queda em números absolutos pela primeira vez e, nesta segunda semana, comparando a semana 27 com a semana 26, mais uma vez o registro de queda em número de óbitos. Com isso podemos verificar a consistência de queda [de óbitos] nesse período. Da semana 25 até a semana 27, tivemos queda de 9,5% no número de óbitos no estado de São Paulo”, disse Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional.

Taxa de letalidade

A taxa de letalidade, que aponta a gravidade da doença calculando a proporção de óbitos sobre o total de casos, também caiu em todo o estado, passando agora a 5%, a menor taxa desde o início da pandemia.

“Nesta última semana, atingimos 5% de letalidade em relação ao número de casos do coronavírus. É o índice mais baixo de toda a série história. São boas notícias, sim, mas elas não devem ser celebradas com emoção, mas moderação. Moderação para mantermos o foco nas medidas de controle da pandemia, no aumento da capacidade de atendimento do sistema de saúde em todo o estado de São Paulo e na obrigatoriedade do uso de máscaras, obediência à legislação e ao distanciamento social”, disse João Doria.

Testagem

Segundo o governador, o estado também vem ampliando a sua capacidade de testagem de casos de coronavírus. “Já realizamos, aqui em São Paulo, mais de 1 milhão de testes. Estatisticamente, teremos mais casos registrados, como já tem ocorrido nas últimas semanas. Mas isso porque já estamos testando mais”, explicou.

São Paulo soma, até o momento, 323.070 casos confirmados do novo coronavírus, com 16.134 óbitos pela doença.  Segundo Paulo Menezes, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, três quartos dos casos foram confirmados por meio de exames diagnósticos. O restante, por meio de testes sorológicos, ou seja, testes rápidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

doze + 11 =