O ministro da Economia, Paulo Guedes, foi mordido na mão direita pelo cachorro da família, da raça Malamute do Alasca, ao tentar impedi-lo de sair de casa.

A mordida foi profunda, provocou sangramento e exigiu que o ministro tomasse vacinas antitetânica e antirrábica.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, Guedes vive na residência oficial do Torto – cedida por Jair Bolsonaro – com a mulher e a filha.

Lá, a família tem três animais de estimação: o cão da raça Malamute do Alaska, que foi trazido à residência pela filha do ministro, e outros dois, adotados por ele e sua mulher.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × 3 =