As Câmaras Municipais  de Guarabira, Souza, Piancó, Passagem e São Vicente do Seridó aprovaram em meio a pandemia do novo Coronavírus, projetos de lei que reajustam os subsídios de prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores para a próxima e atual legislatura.

PIANCÓ

Com maioria dos votos, a Câmara Municipal de Piancó aprovou durante sessão ordinária realizada no dia 03 de abril, aumento salarial do prefeito, vice, vereadores e secretários para a próxima legislatura, no período de 2021-2024.

Segundo informações, o presidente da Câmara de Piancó José Luiz da Silva justificou o aumento em plena pandemia, afirmando que esse tipo de projeto deve ser votado em até 180 dias antes das eleições, para que o Poder Legislativo não perca o prazo.

Mudanças:

Prefeito: de R$10 mil para R$20 mil

Vereadores: de  R$4 mil para R$7 mil

Secretários: de R$2,5 mil para R$6,5 mil

PASSAGEM

No mês de maio em meio a pandemia da Covid-19, vereadores da Câmara Municipal de Passagem causaram indignação a seus habitantes, após aprovação de aumento dos próprios salários em mais de 33%, passando de R$ 4 mil para R$ 5 mil.

O prefeito teve um aumento salarial de 50%, passando a receber R$ 12 mil. O vice-prefeito passa a ganhar R$ 6 mil enquanto que os secretários R$ 4 mil, com mudanças previstas a partir de janeiro de 2021.

O município de Passagem faz parte da Região Metropolitana de Patos e encontra-se em estado de calamidade pública por causa do novo coronavírus e das dificuldades que o setor de saúde enfrenta.

GUARABIRA

No dia 09 de junho, durante sessão ordinária da Câmara Municipal de Guarabira, foram aprovados com o pelo placar de 8 a 4, os projetos de lei números 34/2020 e 35/2020, respectivamente, ambos de autoria da Mesa Diretora, que reajustam os subsídios de prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores para a próxima legislatura.

De acordo com informações, os subsídios do prefeito, vice-prefeito, secretários e dos vereadores estão congelados desde 2013. Para justificar o aumento, a Casa citou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) que registrou inflação acumulada de 44,34%.

Os novos valores são:

Prefeito: de R$ 18 mil para  R$ 25 mil

Vice-prefeito – de R$ 9 mil para  R$ 12,5 mil

Vereadores – de R$ 7 mil para R$ 10 mil

Secretários – de R$ 4.600 mil para R$ 7,5 mil

SOUSA

O prefeito, vice-prefeito, secretários, e vereadores do município de Sousa, Sertão da Paraíba, tiveram seus salários reajustados numa faixa que varia de 20% a 44%.

A decisão, é válida para próxima legislatura de 2021 a 2024 e foi aprovada por unanimidade pela Câmara Municipal de Sousa.

Novos salários:

Prefeito: de R$ 16.622,10 para R$ 19.946,52

Vice-prefeito: de R$ 8.311,05 para R$ 9.973,26

Vereadores: de R$ 7 mil para R$ 10 mil

Presidente da Câmara: de R$ 10.500 para R$ 15 mil

Secretários: de R$ 5.540,40 para R$ 7.978,60

SÃO VICENTE DO SERIDÓ

Após cancelarem as sessões por causa do Coronavírus, os vereadores de São Vicente do Seridó receberam um aumento de 23,68% nos seus subsídios.

A decisão foi tomada a portas fechadas em uma reunião com a presença apenas dos parlamentares e não houve qualquer publicidade no site oficial da Câmara e nenhum parlamentar, nem mesmo os da oposição, se pronunciaram sobre o assunto.

Enquanto os parlamentares tiveram reajuste de quase 24%, a atualização do piso salarial dos profissionais do Magistério, foi de 12,84%.

Aumento:

Vereadores: de R$ 3.800 mil para R$ 4.700 mil

JOÃO PESSOA

O projeto de Lei Complementar (PLC) 1700/2019 que discute sobre o reajuste dos salários dos vereadores da Câmara Municipal de João Pessoa, não será levado a plenário.

O texto considerado inoportuno, será arquivado, por se tratar de matéria que estabelece reajuste dos vencimentos dos vereadores.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

16 − 15 =