A cidade do Rio entra em uma nova fase do plano de flexibilização nesta quinta-feira (2). O primeiro estágio da terceira etapa permite que bares e restaurantes sirvam clientes nas mesas, libera mais atividades na areia e permite reabertura de academias. Há, no entanto, regras que a população deve cumprir.

O anúncio sobre este primeiro momento da reabertura foi feito prefeito Marcelo Crivella na quarta-feira (1º). A fase foi chamada de “3A” pelo município – a “3B” está prevista para iniciar no dia 10.

Além de bares e restaurantes – que podem funcionar com metade da ocupação, fora outras regras – e academias limitadas a um terço da capacidade, a prefeitura também autorizou atividades individuais na areia da praia.

LEIA MAISNúmero de mortos pelo novo coronavírus no Brasil passa de 60 mil

Salões de beleza e barbearias, que já estavam abertos, passam a poder ter serviços de depilação e tintura de cabelo. Voltam, ainda, os estúdios de tatuagem. Todos os serviços estão condicionados a procedimentos sanitários e às “regras de ouro” para evitar a propagação da Covid-19.

‘Nada a celebrar’

Na quarta, Crivella explicou que a flexibilização só está sendo possível graças aos “bons resultados” dos indicadores levantados pela Secretaria Municipal de Saúde.

“Não há nada que celebrar, mas estamos nessa luta desde março. Sem sombra de dúvida, a baixa demanda de leitos de UTI e de enfermaria e o número de óbitos, que está estabilizado, nos mostram que tivemos um pico tenebroso em maio e que, depois, caímos para os patamares dos dias atuais”, declarou Crivella.

O prefeito disse que o pico “expressivo” em maio saturou os leitos de enfermaria e de unidades de terapia intensiva (UTI) do Rio. E acrescentou esperar que não haja uma recaída para que não se volte atrás nas medidas restritivas.

“Porque temos desemprego e crise econômica, de antes até da pandemia, e precisamos voltar às atividades”, opinou.

Regras para bares e restaurantes

  • Mesas organizadas com distanciamento de dois metros entre elas, de preferência, em espaços abertos, como varandas e calçadas.
  • No espaço interno, deve ser respeitado o limite de 50% do número total de mesas.
  • Vedado o sistema self-service.
  • Vedado música ao vivo.
  • O horário máximo para o funcionamento é até as 23h, tanto nas áreas internas como externas.
  • O uso de máscara é obrigatório tanto para clientes como para funcionários.
  • A máscara só pode ser retirada pelos clientes que estiverem já nas mesas, e exclusivamente nos momentos de refeição.

Regras para o comércio

  • Obedecer ao limite de público de 1/3 da capacidade total (4 m² por pessoa), respeitando o distanciamento de dois metros entre as pessoas.
  • Lojas de rua, centros comerciais e galerias prosseguem com o horário reduzido, das 11h às 17h.
  • Shoppings continuam com horário reduzido, das 12h às 20h.
  • (Novidade) Praças de alimentação nos shoppings podem abrir, mas seguindo as regras dos restaurantes de fora e o mesmo horário dos shoppings, das 12h às 20h.

Regras para as academias

  • Funcionam em horário integral, mas o cliente precisa agendar horário para poder frequentar.
  • Distância de 3 metros por pessoa.
  • Aulas de natação permitidas, desde que com hora marcada.
  • Aulas de luta e dança estão permitidas, desde que sem contato físico.
  • Proibidos: Saunas, piscinas (exceto para aula de natação), kidsroom e spa. No crossfit, que está permitido, o que não pode é usar equipamentos de difícil higienização, como pneus e corda naval.
  • Uso de máscara é obrigatório.
  • Todos devem seguir as Regras de Ouro.

Regras para o setor de beleza

  • Salões de beleza e barbearias de shoppings que voltaram a funcionar em 11/06 para corte e manicure e pedicure já podem oferecer serviços de depilação e tintura de cabelos.
  • Os estúdios de tatuagem fechados desde o início do isolamento social estão também autorizados a funcionar a partir desta terça.
  • O atendimento deve ser feito por agendamento, com limite de 1/3 da capacidade total de clientes (4 m² por pessoa), mantendo o distanciamento de dois metros por pessoa.
  • Os horários de funcionamento seguem os estabelecidos para shoppings (das 12h às 20h) e para comércio em geral (das 11h às 17h).
  • É obrigatório o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) pelos funcionários, de acordo com cada atividade.
  • É obrigatório o uso de máscara para funcionários e clientes.
  • Volta a ser permitido o serviço de água e café.
  • Segue proibido o atendimento por múltiplos profissionais ao mesmo tempo.
  • Serviços de massagem, limpeza de pele, maquiagem e saunas permanecem fechados.

Regras para as atividades ao ar livre

  • Nas praias, onde antes era permitido apenas fazer atividades físicas no calçadão e esportes aquáticos individuais, agora também estão autorizados treinos funcionais individuais na areia. Continua proibido socializar na areia ou utilizar cadeiras e barracas.
  • Nos parques e praças, já estavam permitidas atividades físicas.
  • Voo livre: antes só era possível a modalidade individual. Agora passa a ser autorizada a aula, com voo com instrutor, em dupla.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro − 1 =