Por 4 votos a 3, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu reabrir a fase de investigação de duas ações que pedem a cassação da chapa do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do seu vice, Hamilton Mourão (PRTB). As ações tratam da invasão, durante as eleições de 2018, do grupo na rede social Facebook “Mulheres unidas contra Bolsonaro”. Com a decisão, o TSE volta a apurar o caso e somente numa etapa posterior vai julgar se existem elementos contra a chapa que elegeu Bolsonaro.

Hoje, o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, deu o último voto e desempatou o julgamento a favor da reabertura das investigações. Os ministros Edson Fachin, Tarcísio Vieira de Carvalho Neto e Carlos Velloso Filho também foram favoráveis à reabertura da apuração. Os ministros Alexandre de Moraes, Og Fernandes e Luiz Felipe Salomão foram contra.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três + dezesseis =