O ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz deve ser ouvido nesta segunda-feira (29), no Rio de Janeiro, pelos investigadores no âmbito da Operação Furna da Onça. Queiroz é acusado de operar o esquema de “rachadinha” no gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro e de obstruir investigações da Justiça.

Ele está preso desde o dia 18 e será ouvido pela primeira vez. A defesa de Queiroz foi comunicada no sábado (27) de que o ex-assessor será interrogado pelos investigadores, no âmbito do inquérito que apura o vazamento de informações sigilosas.

Queiroz e Flávio, atualmente senador pelo Republicanos, foram intimados depois de o empresário Paulo Marinho, ex-aliado dos Bolsonaro, dizer que o gabinete foi informado com antecedência da investigação sobre as “rachadinhas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × três =