Janaina Paschoal afirmou que Eduardo Bolsonaro “quer derrubar” Jair Bolsonaro para se lançar candidato ao Planalto em 2022.

“Cheguei a conversar sobre isso com o ministro [Gustavo] Bebianno antes dele falecer. Passa na minha cabeça, e é louco, sei que é, que Eduardo quer derrubar o pai para poder se apresentar como alternativa em 22, com o discurso do golpe”, disse a deputada estadual do PSL-SP em entrevista à Marie Claire.

“A lei eleitoral impede que o filho se candidate. Mas, se o pai não estiver no cargo, pode. Pense: o discurso do golpe é um baita discurso para o PT. Esse discurso também está sendo usado pelos bolsonaristas desde o início do governo. É um discurso que tende a uma candidatura em 22 que vai se mostrar como golpeada também. Um drama. Será que esse menino não está ajudando nesse processo de derrubada do pai? ‘Olha aí, cercearam meu pai, que quase morreu pelo país’, e aí ele aparece mais jovem, mais forte, numa versão atualizada do pai destruído pelo golpe? Eu ouso, né?”, prosseguiu Janaina.

Perguntada sobre uma declaração que deu em maio, defendendo a renúncia de Bolsonaro, Janaina afirmou:

“E vou dizer o quê? É muita loucura, muita confusão. Como o povo vai aguentar isso por mais dois anos? Como o povo vai aguentar isso no meio de uma pandemia e, depois, com as sequelas dela?”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × três =