Com a operação paralisada desde o dia 21 de março, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP) afirma que o setor está preparado para o retorno da operação. De acordo com o Sintur-JP, medidas de prevenção e segurança tanto para os passageiros quanto para os operadores do sistema já estão definidas e validadas pelo poder público municipal.

Para reforçar ainda mais a segurança no transporte coletivo foi montado um grupo especial com 50 colaboradores, com treinamento pelo Sest/Senat. Divididos em oito equipes móveis com veículos para deslocamento, pulverizadores e equipamentos de proteção individual (EPI), eles vão circular a cidade sanitizando os ônibus.

Além da higienização que já era feita nas garagens dos ônibus antes da pandemia do coronavírus, o sindicato determinou que a limpeza dos veículos seja intensificada nos principais terminais de bairros e no Parque Solon de Lucena (Lagoa). Equipes fixas estarão nesses locais fazendo a desinfecção dentro dos ônibus, nas superfícies de contato mais frequente, como os botões de parada, as catracas, alças e corrimãos, além do cinto de segurança para os cadeirantes.

O uso de máscaras de proteção dentro dos ônibus será obrigatório e os veículos já estão adesivados com a determinação. Todos os motoristas ganharam um kit individual com máscara de tecido e álcool em gel. Além disso, as empresas vão aferir a temperatura dos operadores antes do início de cada jornada de trabalho. E, para finalizar, o Sintur-JP estabeleceu que todos os colaboradores passem por testagem para o Covid-19 e recebam a vacina para H1N1.

Ônibus oferece mais segurança

Quando se trata de prevenção ao contágio do coronavírus, um estudo da Marcopolo, referência mundial em soluções sustentáveis para mobilidade de pessoas, concluiu que a renovação do ar nos coletivos é 63% superior a exigida em outros ambientes com circulação de pessoas como bancos e supermercados, por exemplo.

Por conta das janelas sempre abertas, a circulação do ar dentro dos ônibus é mais eficaz, tornando os coletivos o meio de transporte público mais seguro para os passageiros. Para o Sintur-JP é importante destacar ainda que as medidas estabelecidas também são um diferencial com relação ao transporte por aplicativo e clandestino. Assim, optar pelo ônibus neste momento é mais confiável.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × um =