O novo coronavírus avança na Paraíba e já atinge 213 municípios dos 223, o que representa um total de 95,51% de cidades com caso da Covid-19 confirmado. Com base no crescimento no número de casos, a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) vai iniciar junto às administrações municipais a formulação de um protocolo sobre a volta ao trabalho dos serviços públicos, seguindo as orientações de flexibilização e de acordo com as bandeiras instituídas por decreto estadual.

“Temos que discutir também como ficará a administração pública e os mais diversos atendimentos e obrigações que devem ser cumpridas. Vamos iniciar uma discussão com os gestores para saber como poderemos formular um protocolo de funcionamento e retorno das atividades presenciais nas repartições públicas. Quando ao retorno da economia, vale lembrar que o Supremo deu plenos poderes a estados e a municípios para administrar e tomar decisões no que se trata ao coronavírus. Sendo assim, vamos começar a discutir o que é essencial nesse momento para cada município, mas sempre observando a realidade de cada localidade”, disse o presidente da Famup, George Coelho.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde da Paraíba, os casos confirmados estão distribuídos por 213 municípios. As cidades de Camalaú, São Domingos do Cariri e Zabelê confirmaram o primeiro caso de Covid-19 na última terça-feira (16). Já as cidades de Bayeux e Mamanguape ultrapassaram a marca de 600 casos confirmados da doença.

O Plano ‘Novo Normal Paraíba’ indica os segmentos autorizados a retomar atividades com mudanças no formato de funcionamento. O plano foi desenvolvido pela Secretaria de Saúde e pela Controladoria Geral do Estado e é baseado em indicadores como a quantidade percentual de novos casos, letalidade (óbitos), ocupação da rede hospitalar da região e percentual de isolamento social.

Cada município recebe uma bandeira de cor, que varia de vermelho ao verde, de acordo com índices de propagação do vírus e risco para a população com relação à assistência hospitalar. Com esta informação, observa-se quais tipos de negócios podem ser abertos e como devem funcionar. Será com base nessas bandeiras e fases que a Famup montará um protocolo de retorno das atividades administrativas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × três =