A pandemia de Covid-19 segue em avanço e atingiu mais 1 milhão de casos em apenas 8 dias, alertou nesta segunda-feira (22) o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS) Tedros Adhanom Ghebreyesus. Neste domingo (21), o mundo registrou recorde de novas infecções. Foram 183 mil novos casos, sendo o Brasil o país com mais novos casos relatados. “Sabemos que a pandemia é muito mais que uma crise de saúde, é uma crise econômica, social e, em muitos países, política. Seus efeitos serão sentidos durante décadas”, afirmou Tedros em uma conferência virtual organizada em Dubai. O alerta da OMS vem em um período em que muitos países avançam no plano de reabertura econômica e de flexibilização do isolamento social. Segundo afirmou o diretor-geral na semana passada, esta nova fase é “perigosa”, já que o vírus continua se propagando em alta velocidade e causando número significativo de mortes. “Foram necessários mais de três meses para alcançar o primeiro milhão de casos registrados. O último milhão de contágios aconteceu em apenas oito dias “, afirmou Tedros. O diretor da OMS também pediu aos governos que se preparem para futuras pandemias que podem acontecer “em qualquer país a qualquer momento e matar milhões de pessoas, porque não estamos preparados” “Não sabemos onde nem quando acontecerá a próxima pandemia, mas sabemos que terá um impacto terrível sobre a vida e economia mundiais”, advertiu Tedros Adhanom Ghebreyesus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois − um =