Mark Zuckerberg, executivo-chefe do Facebook, informou na última segunda-feira (15), que o Whatsapp vai permitir envio de dinheiro pelo aplicativo no Brasil. Segundo o chefe da marca, que também administra o aplicativo WhatsApp, pequenas empresas também poderão fazer vendas diretamente pelo mecanismo Facebook Pay.

O ClickPB conversou com o Fundador e CEO da Máquina de Vendedores, Bruno Cândido, detalhou e tirou algumas dúvidas sobre a nova tecnologia.

Segundo o especialista, o Whatsapp Pay é uma uma nova modalidade para transações de dinheiro no WhatsApp, que aceitará transferências de até R$ 5 mil por mês pelas pessoas físicas e o pagamento deverá ser feito através de cartão de crédito ou débito, que deverá ser cadastrado pelo usuário.

Já para as empresas cadastradas no WhatsApp Business, não há limite nos valores de transações, mas será cobrado uma taxa de processamento por vendas, que é de 3,99%.

O saque poderá ser efetuado em 24h, ajudando diretamente os pequenos e médios negócios que não possui um bom fluxo de caixa.

Em relação a segurança da nova tecnologia, o especialista afirma que o aplicativo disponibilizará a biometria facial e digital.

Confira a entrevista completa:

ClickPB: O que é o WhatsApp Pay?

Bruno Cândido: O WhatsApp Pay é uma nova modalidade para transações de dinheiro no WhatsApp. 

Através deste recurso, os usuários poderão receber e enviar dinheiro para quem desejar, além de efetuar pagamentos de compra de produtos e serviços de empresas utilizando o WhatsApp Business. 

O serviço de transferências é realizado pelo Facebook Pay, portanto, é necessário configurar um cartão de débito ou crédito na plataforma para utilizar o serviço de pagamentos do WhatsApp. 

ClickPB: Como funciona o WhatsApp Pay?

Bruno Cândido: Para usuários de contas pessoais: o WhatsApp mantém o limite de R$ 1 mil reais por transação.

Por dia, podem ser realizadas até 20 transações, mas os valores de transferência não podem ultrapassar R$ 5 mil por mês. 

WhatsApp também não cobra tarifas pelas transferências entre contas pessoais, nem para pagamentos de compras realizadas em empresas no WhatsApp Business.

Para as empresas cadastradas no WhatsApp Business, não há limite nos valores de transações, mas será cobrado uma taxa de processamento por vendas, que é de 3,99%. 

Por tanto, o saque poderá ser efetuado em 24h, ajudando diretamente os pequenos e médios negócios que não possui um bom fluxo de caixa.

Uma funcionalidade muito bacana, será a possibilidade de analisar os clientes que mais compram de você, e subdividi-los em categoria diferentes, possibilitando fazer ações de vendas segmentadas pelo poder de compra de cada cliente.

ClickPB: Quais formas de pagamentos são aceitas?

Bruno Cândido: O recurso de pagamentos pode ser feito por cartão de crédito ou débito com bandeiras Visa ou Mastercard. Os bancos participantes são, até o momento, o Nubank, Banco do Brasil e Sicredi  (incluindo a conta digital Woop).

É importante ressaltar que as transferências entre usuários de contas pessoais só poderão ser realizadas por meio de cartões de débito. 

ClickPB: WhatsApp Pagamentos é seguro?

Bruno Cândido: Quando se fala no Brasil para este tipo de negócio, a maioria das pessoas sentem receio devido a tantos golpes que vimos acontecer nos últimos tempos.

Já o Facebook Pay será criptografado, e além disso, você terá senha de acesso para acessar o aplicativo

O Facebook recomenda que informações como o código de confirmação do WhatsApp, o PIN do Facebook Pay e códigos de verificação não sejam compartilhados com terceiros. Também é sugerido  para maior segurança, que a autenticação em dois fatores também seja ativada, bem como o reconhecimento facial e biométrico ao abrir o app.

Vale ressaltar que todas as atualizações do Facebook, são liberadas por lote, e gradativamente a funcionalidade será liberada. Não serão todos os usuários que terão acesso neste primeiro momento.

Mas muito em breve, todos nós poderemos desfrutar de mais este avança tecnológico.

O comportamento do consumidor vem mudando em velocidade recorde.

Bruno Cândido
Fundador e CEO da Máquina de Vendedores

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

10 + cinco =