O Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) da Marinha do Brasil alertou para o risco de ondas de até quatro metros e ventos de 60km/h no Litoral da Paraíba e de outros estados do Nordeste. O comunicado foi enviado  na tarde desta terça-feira (16) e prevê que os fenômenos podem ocorrer entre a noite de hoje e a manhã de sexta-feira (19).

O CHM da Marinha do Brasil explica que a “intensificação do gradiente de pressão na periferia de um sistema de alta pressão poderá provocar ventos de direção Sudeste a Leste, com intensidade de até 60 km/h (33 nós), na faixa litorânea dos estados da Bahia, ao norte de Salvador, de Sergipe, de Alagoas, de Pernambuco, da Paraíba e do Rio Grande do Norte, ao sul de Natal, entre a noite do dia 16 de junho e a manhã do dia 19 de junho. A intensificação dos ventos alísios também poderá ocasionar ventos de direção Sudeste a Leste, com intensidade de até 60 km/h (33 nós), na faixa litorânea dos estados do Rio Grande do Norte ao norte de Natal, do Ceará, do Piauí e do Maranhão, a leste de São Luís, entre a noite do dia 16 de junho e a manhã do dia 19 de junho.”

Ainda segundo o órgão, “os ventos associados a esses sistemas meteorológicos poderão provocar agitação marítima com ondas, em alto-mar, de direção Sudoeste a Sudeste, entre 3,0 e 4,0 metros de altura, entre os estados da Bahia, ao norte de Caravelas, de Sergipe, de Alagoas, de Pernambuco, da Paraíba e do Rio Grande do Norte, ao sul de Natal, até a manhã do dia 19 de junho. Há condições favoráveis à ocorrência de ressaca com ondas de direção Sudeste a Leste, entre 2,5 e 3,0 metros de altura, na faixa litorânea dos estados da Bahia, ao norte de Porto Seguro, de Sergipe, de Alagoas, de Pernambuco, da Paraíba e do Rio Grande do Norte, ao sul de Natal, até a manhã do dia 19 de junho.”

Todos os avisos de mau tempo em vigor estão disponíveis no site da Marinha do Brasil. As informações meteorológicas podem ser visualizadas na página do Serviço Meteorológico Marinho no Facebook e no aplicativo “Boletim ao Mar”, disponível para download na internet, tanto para o sistema Android quanto para iOS, desenvolvido em parceria entre a Marinha do Brasil e o Instituto Rumo ao Mar (RUMAR).

A Marinha do Brasil pede ainda que os navegantes consultem essas informações antes de ocuparem o mar e pede ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

catorze − 4 =