O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), anunciou, na manhã deste sábado (13), o balanço do quadro de combate ao coronavírus na Capital e o plano de flexibilização. A partir desta segunda-feira (15) voltam a funcionar o comércio atacadista, lojas de material de construção por delivery e drive thru, construção civil com protocolos, concessionárias revendas e locadoras, salões de beleza, barbearia devem atender com hora marcada e sem filas. Shoppings e centros comerciais continuarão sem receber clientes, mas poderão fazer delivery e drive-thru.

Fonte: Prefeitura de João Pessoa

É proibida circulação dentro dos shoppings. As atividades religiosas poderão ser retomadas com distanciamento entre as pessoas. A circulação de ônibus continua proibida na Capital e o esporte profissional, além dos escritórios. Praias, praças e parques seguem fechados, assim como feiras livres e academias de ginástica. As aulas nas escolas e universidade continuam suspensas. No dia 29 deste mês será avaliada uma nova flexibilização ou retomada do isolamento social rígido.

“Estamos olhando para uma visão da Paraíba como um todo e os reflexos na cidade diante de uma possível segunda onda de contaminação”, disse o prefeito ao se referir ao fato de que a Capital recebe pacientes de várias cidades.

O prefeito adiantou que esse é um passo adiante, mas não significa reabertura. Ele acrescentou que o plano a ser detalhado mantém o isolamento, mas dá um passo na flexibilização.

“É um passo que queremos dar com segurança. Com controle”, disse, ressaltando que dialogou com todos os setores produtivos para elaboração do plano. “Esse plano não é uma camisa de força”, disse, ao explicar que poderá haver modificações a depender dos índices alcançados pela cidade no combate ao novo coronavírus, inclusive com retorno de um isolamento mais rígido.

“Não estamos abrindo as porteiras de João Pessoa sem nenhum critério”, esclareceu o prefeito. Serão levados em consideração a transmissão de casos, ocupação de leitos, óbitos e procura por atendimento e ocupação de leitos em UPAs. Conforme a prefeitura, a Capital apresentou queda na incidência de casos e estabilização na ocupação de leitos.

A apresentação será precedida de exposição dos infectologistas sobre a evolução da Covid-19 na Capital e os critérios adotados pela gestão municipal para definir as estratégias e ações de enfrentamento da nova fase da doença, bem como sobre os critérios estabelecidos para o plano de retomada das atividades e os protocolos a serem observados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 + três =