Com o propósito de contribuir com a rede de assistência ao coronavírus na Paraíba, a Energisa, por meio do Movimento Energia do Bem, fez um investimento de quase R$ 36 mil na aquisição de equipamentos de apoio para o antigo Hospital Santa Paula, em João Pessoa, e o Hospital das Clínicas, em Campina Grande. As unidades hospitalares são iniciativas do Governo do Estado para reforçar o atendimento a pacientes com Covid-19.

Idealizado para viabilizar ações que ajudem a superar a crise humanitária provocada pela pandemia, o Energia do Bem doou 10 refrigeradores e 10 geláguas para os dois hospitais. O Hospital das Clínicas, em Campina Grande, já está recebendo pacientes e o Hospital Santa Paula, na capital pessoense, ainda será inaugurado. Ajudar instituições públicas de Saúde neste momento é um dos principais pilares do movimento liderado pelo Grupo Energisa.

“Desde o início da pandemia provocada pelo coronavírus, a Energisa adotou uma postura de contribuição. Com muita satisfação, atendemos ao pedido da Secretaria de Saúde do Estado doando equipamentos de apoio para novos hospitais aqui na Paraíba. Inclusive já fizemos a entrega dos refrigeradores e dos geláguas. Mais do que nunca, temos consciência do nosso papel na sociedade e acreditamos que o momento é de unir forças para reduzir os impactos gerados pelo Covid-19”, disse o diretor-presidente da Energisa na Paraíba, Ricardo Charbel.

Movimento Energia do Bem

Criado pelo Grupo Energisa junto com 13 parceiros, o Movimento Energia do Bem tem atuado no combate a pandemia nos 11 estados onde a distribuidora opera. Entre as iniciativas na Paraíba estão doações, manutenção de ventiladores pulmonares, obras elétricas em unidades públicas de saúde e captação de recursos para assistência a idosos.

A iniciativa contempla um portal, o Energia do Bem, com informações confiáveis sobre a doença e conteúdo para reduzir os impactos do isolamento social, como a mostra Cine Fique em Casa, na plataforma www.poloaudiovisual.tv. Trata-se de um serviço de streaming gratuito com filmes nacionais produzidos no Polo Audiovisual da Zona da Mata mineira e em outras regiões do país, todos patrocinados pela Energisa. O canal é fruto de uma parceria com o Instituto Fábrica do Futuro e a empresa Samba Tech e possui um catálogo de 45 títulos, entre longas, curtas, séries, videoclipes e podcasts.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

16 − 9 =