Os ex-governadores da Paraíba já não receberão mais pensões a partir deste mês de junho. O Supremo Tribunal Federal (STF) havia decidido pela suspensão do pagamento de pensões vitalícias a ex-governadores ou ex-primeiras-damas, após pedido do Ministério Público de Contas da Paraíba.

Este mês de maio foi o último em que os ex-governadores receberam o benefício. O maior valor pago, de R$ 23,5 mil, era destinado a cinco ex-governadores: Antônio Paulino, Ricardo Coutinho, Cícero Lucena, Wilson Braga e Cássio Cunha Lima.

Os beneficiados chegaram a recorrer, para que a decisão passasse a valer apenas para novos casos, mas o pedido foi rejeitado por unanimidade pelo STF, que considerou o pagamento das pensões inconstitucional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois + vinte =